papo de mãe

Papo de mãe: coisas de quando era menina!

Ontem estava eu navegando pelo instagran antes de dormir (#vício) e cai numa foto da Carolina Dieckmann capa da revista QUERIDA!

foto (4)

Nesta hora, minha mente correu até meu passado e me lembrei dos momentos que eu ia na banca comprar as revistas QUERIDA,CARÍCIA e a CAPRICHO. Eu devia ter menos de 12 anos! Gente eu lembrei desta revista!!! Eu tinha ela!!!

E tinha esta da Carolina e todas estas abaixo hahahahha

revistaquerida

E apesar de sermos em 3 irmãs, as revistas a Carícia e a Querida só eu que gostava. Minhas irmãs achavam uó hahahaha. ( a Querida e a Carícia eram pequenininhas)

A minha irmã mais velha amava a Capricho, e meu pai assinava para ela, e a Capricho quando chegava era uma briga para ver quem lia primeiro hahahaha

revistacapricho

Eu sempre fui muito meninha, muuuito sonhadora, vaidosa pra caramba. Estas revistas eram um sonho para mim!!!

Sonhava em ser a menina da capa, as meninas que saíam na capa era minhas ídolas, comprava e desejava o que elas diziam ser bacana e elas davam muuuitos, muitos conselhos amorosos rs….  A Carícia tinha um concurso de “Garota Carícia” e eu sonhavaaaa com o concurso!

Isso tudo me fez parar para pensar um pouco nos sonhos que eu tinha…

De como imaginava que a minha vida seria, de como imaginava ser a minha filha, seu rostinho, de como seria casar!

A gente tem tanta expectativa na vida quando adolescentes né ?

Mas o melhor de tudo isso foi ver minhas mudanças e meu amadurecimento.

Ano passado, quando decidi cursar Psicologia e voltar a faculdade aos 30 anos, não imaginava o quanto EU iria mudar.

Uma simples atitude, de recomeçar, uma parte dentro de mim, trouxe uma mudança de quase 90% em minha vida!

Hoje, prestes a completar 31 (aniversário chegando rs) vejo quanto diferença de um ano para cá, e que o amadurecimento não vem somente com a idade e sim com um desejo que querer ser melhor,  ser feliz e não ter medo de nada! Dos obstáculos, da vida, sair do modo de segurança!!!…

Uma frase que a minha terapeuta me fala e que me vi muitos e muitos anos “As pessoas vivem infelizes se sentindo seguras”…

A insegurança de mudar, encarar o novo, faz com que ficamos ali, paradas, quietas com medo de encarar a vida e até…ser feliz!

E aí que vemos mulheres casadas há anos…infelizes com os maridos e com medo de mudar. Mulheres que têm vontades e desejos que com medo não compartilham e desistem de seus sonhos…

É muito bom ter um passado e olhar para ele com saudades, e estas imagens me deram uma baita saudade em meu peito….mas hoje posso falar que sou FELIZ!Estar em busca de ser um ser humano melhor, buscar minhas conquistas me faz feliz…sei que ainda estou longe, muuuuuuuuuuito longe do meu ideal de quem eu quero ser realmente, mas estar no caminho( e não parada vendo a vida passar como fiquei muitos anos) já me faz olhar a vida com outros olhos.

E o “ser mãe” entra em tudo isto aí principalmente no quesito: depois que eu virei mãe, minha vontade de ser alguém em que a minha filha admirasse e tivesse orgulho foi mais forte do que qualquer medo e qualquer depressão que viesse me abalar.

E acho que a maternidade é isso: é uma força que vem e que nos traz o novo!

Helena mudou a minha vida, e hoje agradeço a Deus por ser mãe. E agradeço todos os dias, todas as noites.

E espero cada dia aprender, ser alguém melhor para com ela e com todos a minha volta.

Não podemos parar, nunca! De viver e sonhar!

Encarem o novo, arrisquem-se e não deixem a vida passar: nunca é tarde para recomeçar !!!

Mantenha seus sonhos sempre perto! Os sonhos de menina, serão realidade.

Beijos,

Ana

2 Comentários

  1. Ana Cláudia

    29/07/2013 at 20:12

    Lindo sis! Orgulho de vc!

  2. Unknown

    30/07/2013 at 03:33

    Muito legal. VAMOS JUNTOS EM FRENTE.
    Te amo.
    bj
    VA

Comente!