Simplifique sua vida! É fato que a falta de organização afeta negativamente todos os moradores da casa e também dos funcionários. Para garantir que haja maior produtividade de todo mundo, é preciso se organizar. E para facilitar este processo, a dica é: simplifique sua vida! Mas como?

Priorize o que é importante para você. Faça uma lista das tarefas domésticas que são indispensáveis todos os dias, por exemplo, arrumar as camas, organizar os banheiros, tirar os lixos, lavar louças, preparar refeições, limpar o chão. A partir desta lista, eleja as tarefas secundárias e distribua ao longo da semana. Coloque tudo no papel, pois assim você e sua funcionária estarão alinhadas a respeito da rotina da casa.

Destralhe sua casa e sua vida. Dê uma geral na sua casa e jogue fora, conserte ou doe tudo o que não tiver sido usado no último ano (ou anos). Excesso de coisas traz desconforto visual e, segundo o feng shui, impede a circulação de energia na casa. Mantenha o que tem utilidade ou lhe traz alegria. Apegar-se a coisas não está com nada.

Lei mais sobre o “feng shui”

No campo emocional, também é bom fazer essa “geral”. Perdoe de verdade. Se a sua funcionária não está correspondendo as suas expectativas, mas se você ainda acha que seus pontos fortes se sobrepõe aos fracos, tome atitudes concretas e objetivas para eliminar ou minimizar o que te incomoda. Se ela não cozinha bem, estude a possibilidade de oferecer a ela um curso de culinária, contratar uma cozinheira diarista, comprar refeições prontas ou almoçar fora…Reclamar ou ficar ressentindo gera “tralha emocional”. Se não tiver jeito de “perdoar”, é hora de pensar na substituição da funcionária.

Compre menos. Nunca deixe de se perguntar: eu preciso mesmo disso? A maioria das pessoas compra com emoção e não com razão. Controle o impulso de acumular itens. Adote a seguinte tácita: se uma peça nova entrar, uma peça antiga tem que sair. Use a mesma tática no estoque de suprimentos para sua casa. Escolha produtos que são multifuncionais. Acredite! Detergente neutro, álcool, sabão para roupas e vinagre resolvem quase tudo na limpeza da sua casa. Além de simplificar, você economiza.

Relaxe. Fique e silêncio, medite, reflita. Ninguém precisa ser produtivo o tempo todo, todos os dias. Fazer NADA é muito importante para nossa saúde e higiene mental! Praticando o ócio, liberamos energia e espaço para novos sonhos, projetos e a vida fica muito mais leve.

Chega de multitarefar. Defina uma tarefa por dia e se concentre nela, capriche. O mesmo vale quando for delegar uma tarefa para sua ajudante. Se for organizar o closet, não retire tudo de dentro dele, pois você irá se cansar e perder o ânimo de concluir. Se escolher a área dos cabides, por exemplo: 1. Tire todas as peças; 2. Higienize todo o armário com detergente de coco e esponja macia e seque muito bem; 3. Elimine itens que você não usa há mais de um ano para doação ou descarte (lembre-se que destralhar é preciso!) 4. Uniformize os cabides (cabides desiguais geram aspecto de desorganização); 5. Separe as peças por estação (mangas longas, curtas, alcinhas) e também por escala de cores (claro para escuro). 6 Coloque o cós das calças sempre virado para trás (o aspecto melhora demais). 7. Vire todas as peças para o mesmo lado.

Escolha uma coisa. Se você está descontente com algumas atitudes de sua funcionária, fale sobre um tópico de cada vez, começando pelo que é mais importante para você. Passar horas em uma “DR” é maçante para qualquer um e despejar tudo que te incomoda de uma só vez pode fazer sua funcionária achar que está tudo péssimo, o que nem sempre é verdade.

Não perca o controle do seu tempo. Escolha um dia da semana para desconectar do celular e se dedicar a uma atividade que te faz feliz, seja com os filhos, amigas, marido ou mesmo algum afazer doméstico que te preenche emocionalmente, como cuidar das suas plantas… e não esqueça nunca as palavras do grande poeta Carlos Drummond de Andrade: “Arrume a casa todos os dias, mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo para viver nela… e reconhecer nela o seu lugar.”