dicas, Disney, toddlers

Alice no país das Maravilhas e mamãe pensativa!

A Helena tem quaaaase todos os DVD´s da Disney … (será que a gente compra pensando mais na gente do que neles kkkk #quemnão #quemnunca #sonhosdemãe #sonhosdecriança )

E apesar de ter bastante, ela já elegeu seus favoritos.

Mas aí acontece que a gente fica zonza de ver os mesmo DVD´s sempre né? E vai buscando alternativas ( por isso o consumo acima kkkk)

Então, estes dias, para variar o DVD do Mickey e os 3 Mosqueteiros que Helena estava viciada comprei 3 opções: “Alice no País das Maravilhas”, “Os Sem-Floresta” e “O Rei Leão”.

O Rei Leão não fez muito sucesso não ( acho que a Helena ficou triste com a morte do pai do Simba, ainda acho que é pequena…); o “Os Sem-Floresta” ela não deu a mí-ni-ma bola…mas a Alice ela amouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!

Amou, amou amou…e bora ver a Alice 3.567.987.693.876 milhões de vezes!

alice no pais das maravilhas

E a Helena vê o DVD e a mamãe filosofa… fiquei pensando nas frases incríveis que Alice solta!

São demais!!!

“A única forma de chegar ao impossível, é acreditar que é possível.”

“Nada se é conquistado com lágrimas.”

“Alice: Quanto tempo dura o eterno?
Coelho: As vezes apenas um segundo.”
(Alice no País das Maravilhas)

“Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui?
Isso depende muito de para onde queres ir – respondeu o gato.
Preocupa-me pouco aonde ir – disse Alice.
Nesse caso, pouco importa o caminho que sigas – replicou o gato”

“Eu… eu… nem eu mesmo sei, nesse momento… eu… enfim, sei quem eu era, quando me levantei hoje de manhã, mas acho que já me transformei várias vezes desde então.”

“Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era,
mas acho que já mudei muitas vezes desde então”

“Aonde fica a saída?”, Perguntou Alice ao gato que ria.
”Depende”, respondeu o gato.
”De quê?”, replicou Alice;
”Depende de para onde você quer ir…”

“Gostaria de não ter chorado tanto! — disse Alice.
Parece que vou ser castigada por isso agora, afogando-me nas minhas próprias lágrimas!”

“Ah, minha querida! Que isto lhe sirva de lição: nunca perca a sua calma!”

“A melhor maneira de explicar, é fazer”.

“Como gostaria que as criaturas não se ofendessem tão facilmente! — disse Alice.
Com o tempo você se acostuma. — disse a Lagarta.”

“Quando tiver dúvida, fique em silêncio.”

“Dizem que o tempo resolve tudo, a questão é, quanto tempo?”

“Mas eu não quero me encontrar com gente louca”,observou Alice.
” Você não pode evitar isso”, replicou o gato.
“Todos nós aqui somos loucos.Eu sou louco,você é louca”.
“Como você sabe que eu sou louca?” indagou Alice.
“Deve ser”, disse o gato, “Ou não estaria aqui”

e por hoje é isso!

Bom final de semana girls!!!

beijos,

Ana

Comente!