Se você sente, em algum momento, dificuldade em educar seus filhos, você não está sozinho. Essa é, sem dúvidas, uma das tarefas mais difíceis da vida. São tantas decisões, fases, tantas maneiras diferentes de lidar com aquele comportamento indesejado, que os pais se sentem perdidos. A boa notícia é que existem psicólogos especializados em orientação de pais e podem, e muito, ajudar nesse caminho.

Na maioria das vezes em que os pais estão com algum problema com os filhos, eles me procuram para que a criança faça terapia, mas em boa parte dos casos, trabalhar com os pais traz um retorno mais rápido e duradouro. Isso não significa que tudo seja culpa dos pais, como muitos acham, significa apenas que os pais tem o poder de mudar o contexto que possa estar originando determinada atitude.

A ideia é ajudar os pais a entenderem o que está por trás daqueles comportamentos (fase de desenvolvimento, dinâmica familiar, erros na educação) e, a partir disso, dar ferramentas para que possam intervir de forma efetiva. Muitas dessas ferramentas seriam as usadas em consultório com os pequenos, mas, uma vez que a intervenção não se resume a 1 hora semanal, o resultado é imensamente melhor.

Outra vantagem importante é que quanto mais preparados os pais estão, menos dificuldades terão em lidar com outros problemas que virão no caminho.

Por todas essas vantagens, há uma crescente tendência dos psicólogos optarem pela orientação de pais ao invés da terapia com a criança. Vale lembrar que há casos em que o mais indicado é que a criança passe por um profissional, mas na grande maioria das vezes, não é necessário. O psicólogo deve fazer uma avaliação inicial e direcionar os pais.