O controle esfincteriano é o termo médico usado pra dizer q a a criança já é capaz de “ segurar “ a urina e as fezes.
É um dos marcos do desenvolvimento infantil e geralmente o início deste processo ocorre entre 18 e 24 meses quando o sistema nervoso central está maduro e pronto para essa função. Portanto antes dos 18 meses não é aconselhável tentar desfraldar uma criança pois elas não estão maduras para tal.
O controle esfincteriano é um grande desafio que a criança enfrenta e é influenciado por fatores fisiológicos,  psicológicos e sócio-culturais, então é muito importante respeitarmos o tempo da criança e ter paciência e carinho para o processo ocorrer de forma tranquila.
Muitas vezes os pais tem expectativas irreais do processo, ocorrendo  uma dissociação entre as expectativas dos pais, escola, médico e a real maturidade neurológica da criança, sendo que não existe uma “idade certa”, mas sim o momento certo de cada criança.
O processo pode durar de poucos dias a algumas semanas, podemos ter alguns retrocessos também no meio do caminho, especialmente se fatos importantes ocorrerem durante esse processo, tais como chegada de um irmão, E o acompanhamento do pediatra lado a lado dos pais nesse processo é fundamental.
Após os 18 meses é muito importante observarmos sinais de que a criança está pronta e então começar o desfralde que são :
  • Incômodo ao estar molhada ou suja
  • Fazer cocô sempre no mesmo horário
  • Não querer mais usar fralda
  • Criança consegue se despir sem dificuldade
  • Se interessar por penico / vaso sanitário, calcinha / cueca
  • Perceber o momento que está fazendo coco ou xixi
  • Ficar com a fralda seca por um período de pelo menos 2 horas
  • Acordar com a fralda seca por 3 dias consecutivos
  • Outros a serem observados é quando a criança já tem noção do “Eu” e se mostra mais independente em algumas atividades diárias como alimentação, banho, higiene dentária.
Até 3 anos é considerado normal ter escapes diurnos e até 5 anos é considerado normal fazer xixi na cama.
O controle noturno normalmente ocorre de 3 a 6 meses após o controle diurno, no entanto dependendo da idade do desfralde algumas crianças conseguem sair da fralda de dia e de noite ao mesmo tempo.
Abaixo algumas dicas para facilitar o desfralde:
1- levar a criança junto pra comprar o penico ou o redutor de assento, envolvendo a criança;
2- usar o apoio para os pés se a criança usar o redutor;
3- não brigar ou ficar nervoso se ocorrerem escapes e sim estimular a criança a se trocar e limpar o chão;
4-usar roupas fáceis de tirar;
5- usar o banheiro na frente das crianças e oferecer se também não gostariam de usar;
6- se decidir desfraldar não colocar a fralda para passeios etc….. pois pode confundir a cabeça das crianças.
Um treinamento precoce, antes dos 18 meses, e/ou um desfralde traumático, podem levar ao que chamamos de síndrome das eliminações, nas quais ocorrem tanto distúrbios miccionais quanto intestinais, levando a constipação intestinal, infecção urinária, entre outros.
A mensagem que queremos deixar é que respeitemos a autonomia da criança, observando os sinais de que ela está pronta e a condução respeitosa desse importante marco no desenvolvimento.
Com Carinho <3 ,
Equipe Clínica Infantil Duocare