Um dia ele vai namorar alguém e é pra você que escrevo esse post.
Ele é amado, vive em uma família pautada em respeito, alegria, educação e bons modos. Está crescendo em um ambiente onde assiste todos os dias o pai torcer pela mãe, convive com um pai participativo e bem alegre. Imaginamos que isso tudo seja um bom exemplo para ele se tornar um bom homem. Afinal, o exemplo é a única forma de educar real.
Ele já é um cara muito carinhoso e o que depender de nós aqui de casa só iremos nutrir isso nele. Porém, preciso te alertar de um detalhe. Meninos são diferentes de nós meninas. O fato de ter 2 irmãs mais velhas talvez o faça mais tolerante, (ou será menos?), oremos.
As vezes a demonstração de amor será feita completamente diferente do jeito que fazemos e até mesmo esperamos.
Na minha experiencia em educar o X e o Y, percebi que meninos são mais provocadores, mais teimosinhos e só conseguem fazer uma coisa por vez.
Virei até mais tolerante com o marido. Ah! Ele também mexe no saco, desde os 8 meses, não adianta ensinar.
É bem mais forte esse instinto do que posso controlar.
Inclusive, eles gostam de molhar todo banheiro com o xixi, na verdade, é uma tremenda brincadeira essa mangueirinha que eles têm.
Depois que crescem aprendem, mas muitas vezes escapam algumas gotinhas que nos irritam profundamente.
São muitas coisas pra te falar, daria um livro.
Porém, no dia que ele te irritar só não diga que não o dei educação.
Tem coisas que hoje eu sei como mulher que só aprendi depois que virei mãe dele e talvez você também não vai entender até virar mãe de alguém. Pra terminar, está em suas mãos um puta cara legal. Ele já nasceu super do bem.
Enjoy the trip.
Agradeço muito minha sogra que fez do meu marido um PUTA CARA e to fazendo e seguindo o mesmo caminho com ele.
Você é uma mulher de sorte.