maternidade

A Fusao Emocional

Quando a gente passa a amar alguém por inteiro acontece um processo que se chama “fusão emocional.” No maternar isso é inerente, como se fosse quase impossível se separar do seu filho. Laura Guttman fala muito deste processo nos seus livros. Eu lembro que quando Helena nasceu, quando passei a reconhecer esta fusão, conseguia identificar melhor “seus choros”. Nos primeiros meses vocês são um só, mãe e filho, o bebe não sabe que são pessoas diferentes, e esta separação e descoberta muitas vezes é dolorosa e difícil para eles. E ainda ás vezes as cólicas e angústias do bebê vêm de uma angústia da própria mãe, de algo que ela não elaborou bem, e não sabe que este “outro pedacinho dela fora do seu próprio corpo” sente tudo que ela está sentindo. E reage a isso.

E amar por completo é isso, se entregar.
É um processo um tanto doloroso ás vezes, sentir por nós, e sentir pelos outros. Algo que não conseguimos limitar. Amar alguém.💛
Tão lindo, tão potente.

Comente!